Verdade sobre o Consumo de Produtos Lácteos - Os Malefícios do Leite e seus Derivados

 

 

O que estão os seres humanos a fazer, bebendo leite de vaca???

 

Na verdade, a informação real sobre o efeito do consumo de leite de vaca, e seus derivados, não passa na TV, nem nos cartazes publicitários. Estes, são produzidos pela indústria de laticínios, a qual está envolvida num negócio de biliões de dólares... pelo que, a informação que chega até nós, através dos Mídias é, sem dúvida, fabricada da forma mais engenhosa possível, para que sejamos habilmente levados a consumir os produtos anunciados. E assim, de geração em geração, a informação errada sobre o consumo de laticínios tem vindo a ser perpetuada.

A ironia é que as pessoas estão consumindo produtos lácteos pelo cálcio e, a verdade é que, o cálcio existente nos seus organismos está a ser usado para neutralizar os efeitos dos produtos lácteos que estão comendo, pois eles são de uma extrema acidez para o organismo. A acidez é de tal ordem que o organismo só a neutraliza com o fosfato que, por se encontrar combinado com o cálcio, nos nossos ossos, acabamos por descalcificá-los com o consumo desses produtos lácteos (o fosfato ajuda na neutralização da acidez e o cálcio a ele agarrado é excretado na urina).

 

"De 1988 a 1993 escreveram-se mais de 2700 artigos sobre o leite, os quais estão em arquivos médicos. E, chocantemente, nenhum dos investigadores falou do leite como sendo um bom alimento, como a indústria de laticínios nos tem feito crer. Pelo contrário: ... sangramento intestinal, leucemia bovina (vírus similar à SIDA), asma, diabetes infantil, enfermidades cardíacas, anemia, artrite, reações alérgicas e cancro, eram o foco nos referidos artigos (...)"

 

Se tudo isto é verdade, porque é que não ouvimos falar disto?

 

Os factos são claros sobre uma coisa: A composição química do leite de vaca difere da do leite de humano. As enzimas necessárias para quebrar e digerir leite são renina e a láctase. E, após os 3 anos de idade, essas enzimas já não existem na maioria dos seres humanos. Elas estavam lá para ajudar na digestão do leito materno. Por outro lado, existe um elemento em todos os leites chamado caseína e, há trezentas vezes mais caseína no leite da vaca do que no leite humano. Isso deve-se ao facto de o leite de vaca ser apropriado para o desenvolvimento de grandes ossos. A caseína coagula no estômago e forma uma grande e densa coalhada, difícil de digerir, que está adaptada para os quatro estômagos do aparelho digestivo de uma vaca. Contudo, uma vez dentro do sistema humano, esta massa espessa torna-se um fardo enorme para o organismo, o qual tenta de alguma forma livrar-se dele. Infelizmente, alguma desta substância gosmenta endurece e adere ao revestimento do intestino,  impedindo a absorção dos nutrientes no corpo. Resultado: letargia. Além disso, os subprodutos da digestão do leite deixam uma grande quantidade de muco tóxico no organismo. É muito ácido, e uma parte é armazenada no corpo, até que possa ser tratada mais tarde. E isso traduz-se em mais peso, em vez de perda de peso. Curiosamente, a caseína, é a base de uma das colas mais fortes usada em madeira...

 


Então, ...
O que estão os seres humanos a fazer, bebendo leite de vaca???



 'Got the Facts on Milk?' é um documentário de 2008, dirigido por Shira Lane, que questiona os benefícios para a saúde dos produtos lácteos e examina as alegações publicitadas pela indústria de laticínios.




.

.

Artigos relacionados:

.

.

.

.

.

.

.

.

publicado por odespertardoser às 21:17