COMER CORRETAMENTE - A VERDADEIRA CURA - A MELHOR DIETA

 

 

 

 

Comer correctamente, ter um peso ideal e ser saudável, energético e feliz é afinal, muito mais simples do que contar calorias e fazer dietas loucas ou tomar pílulas milagrosas. Aliás, todos esses métodos incutidos na sociedade, pelos insistentes anúncios publicitários, apoiados quer pela indústria alimentar quer pela grande indústria farmacêutica, não passam de falácias que a própria sociedade tem vindo a alimentar há demasiado tempo. A melhor dieta, o verdadeiro segredo para perder peso e para ter uma saúde perfeita e ser um indivíduo vibrantemente activo e feliz é saber comer corretamente. E o que lhe vai ser exposto poderá revelar-se chocante! Não se aflija por nunca ninguém lhe ter ensinado a comer corretamente. Para mim também foi um verdadeiro choque! Descobri que em todas as minhas refeições eu estava a cometer erros graves que intoxicam o organismo. Descobri também que todos temos hábitos alimentares terríveis que afetam drasticamente a nossa saúde. Esses hábitos terríveis podem ser por exemplo um simples bife com batatas e/ou arroz, ou um copo de leite com pão! O problema reside na combinação errada de alimentos e nos ciclos de tempo errados. A boa notícia é que os hábitos podem ser alterados e redefinidos em novos hábitos. Com o conhecimento certo, podemos ser responsáveis pelo nosso bem-estar físico e emocional, viver mais e sem doenças. Conheça a forma como Harvey e Marilyn Diamond abordam o tema sobre comer corretamente e prepare-se para redefinir completamente os seus conhecimentos sobre alimentação.

 

COMER CORRETAMENTE - A VERDADEIRA CURA DO CORPO

 

  Segundo Harvey e Marilyn Diamond, autores do famoso livro 'Fit for Life', para além da boa nutrição do corpo, através da ingestão de alimentos vivos, carregados de energia vital, como as frutas e os vegetais, devemos também assegurar a higiene (interior) natural do corpo. E aqui reside toda a sabedoria sobre a desintoxicação do nosso corpo.

 

 A Higiene Natural:

A base subjacente da higiene natural é que o corpo é auto-purificador, auto-curador e auto-suficiente. A Higiene Natural baseia-se na ideia de que todo o poder de cura do universo está dentro do corpo humano; que a natureza está sempre correta e não pode ser melhorada. Por isso, a natureza não pretende frustrar qualquer das suas próprias operações. Experimentamos problemas de saúde (isto é, excesso de peso, stress, dor, doença) somente quando nós quebramos as leis naturais da vida.

O fundamento básico da HIGIENE NATURAL é, portanto, que o corpo está sempre esforçando-se por ser saudável, e para atingir essa meta esforça-se continuamente, fazendo a LIMPEZA de RESÍDUOS deletérios (destruidores, tóxicos).

 

Os ciclos do corpo humano:

A capacidade humana de lidar com os alimentos depende do bom funcionamento do três ciclos regulares diários. Estes ciclos são baseados em funções bastante óbvias do corpo. Em termos mais simples, numa base diária ingerimos alimentos (apropriação), que são absorvidos e alguns utilizados (assimilação) e livramo-nos dos que não usamos (eliminação). Embora cada uma destas três funções esteja sempre acontecendo, em certa medida, cada uma é mais intensa durante certas horas do dia.

 

Ciclos de 8 horas:

12:00 às 20:00 - APROPRIAÇAO (comer e digerir)
20:00 às 04:00 - ASSIMILAÇÃO (absorção e utilização)
04:00 às 12:00 - ELIMINAÇÃO (de resíduos do corpo e restos de alimentos)

 

A Teoria do desequilíbrio metabólico:

 O corpo humano é finamente projetado  para permanecer em equilíbrio em termos de tecido em construção (anabolismo) e tecido em quebra (catabolismo). Um excesso de um sobre o outro é o desequilíbrio metabólico.

 O nosso corpo produz ‘toximia’ (resíduos tóxicos) diariamente de duas maneiras:

         1) pelos processos normais do metabolismo;

         2) pelos resíduos dos alimentos que não são eficientemente utilizados.

Ora, se não respeitarmos os ciclos do corpo humano e não fizermos as combinações certas de alimentos, o nosso sistema está constantemente a produzir resíduos tóxicos, está em desequilíbrio.

 

O Princípio dos alimentos ricos em alto teor de água:

 Para limparmos o nosso corpo por dentro, para desintoxicá-lo, necessitamos de ingerir alimentos que contenham alto teor de água. Não pense que beber 8 copos de água por dia é o suficiente. Porque beber água não fará toda a limpeza e desintoxicação que o corpo realmente necessita, isto porque a água não leva consigo, para o interior do corpo, enzimas e outros elementos de preservação da vida, que a água das frutas e vegetais levam. TODOS OS TRÊS CICLOS DO NOSSO CORPO funcionam com a maior facilidade quando alimentados com a PRESENÇA DESTA ÁGUA regularmente. Deveríamos, portanto, comer refeições compostas por alimentos com 70%  de alto teor de água  (fruta e vegetais)  e  30% de alimentos concentrados (tudo o resto, alimentos cuja água foi cozinhada ou processada).

 

SE QUER TER UMA VIDA VIBRANTE E VIGOROSA, E ESTAR NA SUA MELHOR FORMA, TERÁ  DE COMER ALIMENTOS QUE ESTEJAM VIVOS. (FRUTOS E VEGETAIS)

 

 

Dr. Norman W. Walker, com mais de 116 anos, escritor e vibrantemente activo, escreveu  no seu livro ‘Natural Weight Control’ , “Todas as plantas, vegetais, frutos, nozes e sementes no seu estado bruto natural são compostos de átomos e moléculas. Dentro destes átomos e moléculas residem os elementos vitais que conhecemos como enzimas. Enzimas não são coisas ou substâncias! Elas são o princípio da vida nos átomos e nas moléculas de cada célula viva.”….” As enzimas são sensíveis a todo o calor acima de 130º F (cerca de 54º C.) Aos 130ºF elas estão mortas. Qualquer alimento que tenha sido cozinhado a uma temperatura superior a 130º F foi submetido à sentença de morte das suas enzimas, e não é nada mais do que um alimento morto.”

"Naturalmente, a matéria morta não pode fazer o trabalho dos organismos vivos. Por conseguinte, os alimentos que tenham sido submetidos a altas temperaturas acima de 130º F perderam a sua vida, o seu valor nutricional. Embora esses alimentos possam sustentar, e sustentam, a vida no sistema humano, eles fazem-no em detrimento da progressiva degeneração da saúde, energia e vitalidade. "

 

 O Princípio da combinação adequada dos alimentos:

 Nada agiliza mais o Ciclo da Apropriação do que o aderir aos princípios da Combinação adequada dos alimentos.

A digestão dos alimentos rouba-lhe mais energia do que correr, nadar ou andar de bicicleta. Na verdade, não há nada que possa fazer que absorva mais energia do que a digestão dos alimentos. Esta energia é crucial para a desintoxicação (eliminação de resíduos tóxicos) do corpo. E para ajudarmos o corpo a ter energia prontamente disponível numa base constante, teremos de saber combinar correctamente os alimentos.

 A combinação de alimentos ensina que: o corpo humano não foi projetado para digerir mais do que um alimento concentrado (alimento cozinhado ou processado) no estômago ao mesmo tempo. Esta é uma afirmação muito simples, mas significativa. Lembre-se o que se entende por alimentos concentrados: qualquer alimento que não seja uma FRUTA e não seja um VEGETAL é concentrado.

Comer dois alimentos concentrados simultaneamente causará o APODRECIMENTO da comida, e alimentos podres não podem ser assimilados! Alimentos impróprios combinados, drasticamente frustrarão a assimilação e os ciclos de eliminação.

 

Há uma maneira simples de evitar todo este problema. Se quer comer um bife ou um pedaço de peixe ou frango, que assim seja. Esteja apenas ciente de que essa carne ou peixe é um concentrado, por isso não deve ingerir com essa carne ou peixe outros concentrados: nada de batata, nem arroz, macarrão, queijo, ou pão, mas sim alimentos com alto teor de água. Por outras palavras, junto com o bife deve comer apenas vegetais, crus (salada) e cozidos ou salteados. Podem ser quaisquer vegetais da sua preferência. Compreenda que os vegetais não precisam de sucos digestivos específicos, pois eles vão quebrar-se em ácidos, ou alcalinos.

Desta forma, ao não combinar proteína com amido, não leva o seu sistema digestivo à desordem, não acumula toxinas e ganhará tempo e energia, resultantes de uma digestão mais rápida, pelo que o seu corpo disporá agora dessa energia extra para libertar-se dos resíduos tóxicos indesejados.

É bastante fácil seguir um esquema de combinações certas de alimentos! Quer comer carne? Coma carne com legumes e salada. Quer comer batatas? Coma as batatas com legumes e salada. Quer comer pão? Coma pão com legumes e salada. Quer comer massa? Coma massa com manteiga de alho, legumes e salada. Quer comer queijo? Corte o queijo e coloque-o na sua salada, ou pode derreter o queijo sobre legumes.

 

Portanto não misturar uma proteína e amido é a chave para combinar adequadamente os alimentos. E quanto a misturar uma proteína com uma outra proteína ou um amido com um amido? Na verdade, a situação ideal é um alimento concentrado por refeição. No entanto, uma daquelas combinações é aceitável: a fécula com o amido. A razão porque duas proteínas não devem ser misturadas é porque as proteínas são de caráter diferente, e composição complexa, pelo que as modificações necessárias para atender aos requisitos digestivos de mais de um alimento de proteína são impossíveis. Portanto, ambas as proteínas vão apodrecer no sistema. Isso não significa que dois tipos diferentes de carne não podem ser consumidos em conjunto ou que dois diferentes tipos de nozes não podem ser comidos juntos, mas certamente significa que não devem ser consumidos simultaneamente dois tipos de proteínas de carne, ovos, laticínios, ou charcutaria.
Obviamente, do que acabamos de aprender, a abordagem padrão para a nutrição (a filosofia dos quatro grupos de alimentos) não funciona. É uma abordagem arcaica e contraproducente para comer.

 

 

 

O Princípio do consumo correcto de fruta:

A fruta é o alimento mais importante que podemos colocar no corpo humano. É o alimento para o qual a espécie humana está biologicamente adaptada. Assim sendo, é muito mais importante pensar em termos da quantidade de frutas que vamos ingerir do que na quantidade de proteína que vamos ingerir durante o dia.
A fruta tem o maior teor de água de qualquer alimento. Toda a fruta é 80% a 90% de limpeza, água da vida. Além disso, todas as vitaminas, minerais, carbohidratos, aminoácidos e ácidos graxos que o corpo humano necessita para a sua existência podem ser encontrados na fruta. A energia vital (vida) inerente das frutas é inigualável por qualquer outro alimento. Quando a fruta é consumida corretamente, nada pode igualar os seus benefícios. Com os seus frutos, a natureza proporciona ao corpo a oportunidade de limpar resíduos construídos a partir do sistema. Limpo, o corpo é capaz de funcionar na sua máxima eficiência, e todos os aspectos da sua vida melhoram.

O ingrediente essencial para uma vida vigorosa é a energia. Nós já sabemos que a digestão consome mais energia do que qualquer outra atividade física. Aqui é onde a fruta desempenha o papel mais importante e significativo, pois a fruta exige menos ENERGIA para ser digerida que qualquer outro alimento. Na verdade, exige praticamente nenhuma! A sua digestão, absorção e assimilação exigem apenas uma fração diminuta da energia necessária estabelecida para quebrar outros alimentos. Outros alimentos gastam entre uma hora e meia a quatro horas no estômago. (E isto é só se o que é comido é devidamente combinado.) Quanto menos concentrado e combinado melhor é o alimento, e menor será o tempo que permanecerá no estômago.

AS FRUTAS NÂO SÃO DIGERIDAS NO ESTÔMAGO! Apenas passam por lá e vão directamente para o intestino em cerca de 20 a 30 minutos. Todas as frutas (com a exceção de bananas, tâmaras e frutas secas, que ficam no estômago um pouco mais) ficam no estômago apenas por um período muito curto. E, quebram e libertam os nutrientes super carregados de vida no intestino. Assim, a fruta conserva energia por esta não ter que ser utilizada no estômago numa digestão demorada. Esta energia é automaticamente redirecionada para limpar o corpo de resíduos tóxicos. Mas isto verifica-se apenas quando a fruta é consumida corretamente. No entanto, o que constitui o seu correto consumo? É realmente muito simples. A FRUTA NUNCA DEVE SER CONSUMIDA COM  OU IMEDIATAMENTE APÓS NADA. É essencial que quando come frutas, elas sejam consumidas com o estômago vazio.

 

Todas as frutas, uma vez dentro do corpo, tornam-se alcalinas, se forem consumidas corretamente. Na realidade todas as frutas, bem como os vegetais, têm a capacidade única de neutralizar os ácidos que se acumulam nos nossos sistemas. As combinações impróprias de alimentos,  e uma quantidade insuficiente de alimentos de alto teor de água, os subprodutos de muitos alimentos concentrados, aditivos alimentares, ar e águas contaminadas e o stress, são a causa da toxicidade e acidificação do sistema. Um sistema assim, ácido e tóxico, pode ser reconhecido pelo inchaço, excesso de peso, celulite, cabelos grisalhos, calvinice, ímpetos nervosos, os círculos escuros sob os olhos, e as rugas prematuras no rosto. As úlceras são um resultado direto de ácido corrosivo no sistema. As frutas, se devidamente comidas, têm a capacidade maravilhosa do rejuvenescimento para neutralizar os ácidos no sistema. Quando tiver dominado totalmente o princípio do consumo correto de frutas, estará sintonizado num dos segredos de beleza da natureza, na longevidade, na saúde, energia, felicidade, e terá um peso normal. A Fruta, mais do que qualquer outro alimento, abastece perfeita e harmoniosamente o organismo com o que este precisa para experimentar o mais alto nível de saúde possível.


Mas lembre-se que o corpo é capaz de utilizar plenamente apenas frutas no seu estado natural (cruas).
Maçãs assadas, as frutas em conserva, maçã cozida e tortas de frutas são prejudiciais na medida em que não vão fornecer nenhuma limpeza e nenhum nutriente, e tornam-se tóxicos e ácidos no corpo, podendo danificar os revestimentos sensíveis dos órgãos internos. Pois forçam o organismo a usar a sua energia preciosa para neutralizar a sua acidez e tirá-los do corpo. O fato é que a fruta tem uma natureza delicada. Cozinhar destrói o seu potencial valor.

Outro princípio do consumo correcto de fruta está relacionado com a quantidade de tempo que deve ter decorido entre a sua ingestão e a ingestão de outros alimentos que não a fruta. Contanto que o seu estômago deve estar vazio, pode comer todas as frutas que desejar durante o tempo que desejar, desde que decorridos vinte a trinta minutos antes de comer mais nada. Isto permitirá o tempo necessário para a fruta ou sumo de fruta deixar o seu estômago. No entanto, não se esqueça que as bananas e frutas secas precisam de mais tempo, cerca 45 minutos a uma hora. Se comeu outros alimentos para além de frutas, deve esperar pelo menos três horas. Mas se algum alimento cárneo for consumido, terá de esperar pelo menos quatro horas. Estes tempos referem-se apenas aos alimentos que foram consumidos em conformidade com a combinação adequada dos alimentos. Se comeu uma refeição com alimentos que não estejam devidamente combinados, esses alimentos irão provavelmente, permanecer no seu estômago, pelo menos, oito horas. Portanto, não deve consumir nenhuma fruta ou sumo de frutas durante esse tempo.

 

QUANTO TEMPO DEVEMOS ESPERAR DEPOIS DE

COMER OUTRO ALIMENTO QUE NÃO SEJA FRUTA

 

ALIMENTOS

 

TEMPO DE ESPERA
 

Salada ou vegetais crus

2 horas

Refeição propriamente combinada, sem cárneos

3 horas

 

Refeição propriamente combinada, com cárneos

4 horas

Qualquer, refeição impropriamente combinada

8 horas

 

No famoso livro 'Fit for Life', de Harvey e Marilyn Diamond, poderá encontrar todos estes, e muitos mais, princípios da correcta alimentação, explicados detalhadamente e com exemplos muito interessantes. O livro revela-nos ainda a opinião dos autores sobre comer proteínas, laticínios e outros produtos alimentares. Oferece-nos também uma grande lista de alimentos saudáveis e revela-nos ementas fantásticas, estudadas ao pormenor pelos autores, cheias de sabor e combinações saudáveis!

Se acha difícil manter esta forma de alimentação saudável, deixe pelo menos o seu corpo desintoxicar-se durante o ciclo da Eliminação (4:00-12:00), ingerindo apenas fruta ao longo da manhã até ao meio dia. E espere cerca de 20 a 30 minutos antes de ingerir outro tipo de alimento que não seja fruta.

 

Para além de (re)criar novos hábitos alimentares, lembre-se que está repleto de energia vital e será muito mais saudável se nutrido não só com energia vital, mas também com energia universal (luz/amor), pelo que a meditação também é importante em todo o processo de limpeza e cura do seu corpo.

O seu corpo é um espelho dos seus pensamentos interiores e das suas crenças. Toda e cada célula do seu corpo responde  a todo e cada pensamento seu e a toda e cada palavra que pronuncia. Por isso é uma arte de amor tomar conta do seu corpo. Assim, afirmações positivas são a chave para alimentar o corpo com amor. Se não conhece as afirmações positivas ensinadas por Louise Hay, famosa escritora, talvez agora seja o momento certo! Louise Hay é uma senhora fantástica, famosíssima pelos seus livros que ensinam meditações com afirmações positivas que curam, doenças físicas e emocionais. Existem centenas de testemunhos que comprovam o bom resultado daquelas afirmações. A própria Louise Hay venceu um cancro, não só com uma alimentação correta, mas essencialmente com as suas afirmações positivas. Elas nutrem-nos com amor. E a auto cura torna-se uma realidade tangível ao alcance de todos. Apenas temos de dar ao nosso corpo o que ele precisa para ter um ótimo estado de saúde. E isso passa não só por nos alimentarmos corretamente e amar toda e cada parte do nosso corpo (por fora e por dentro); mas também, por escolher os pensamentos de paz, harmonia e amor necessários, para criar uma atmosfera interna harmoniosa para as células  do nosso corpo viverem.

.

.

Artigos relacionados:

publicado por odespertardoser às 18:37